Álvaro Pacheco: “Fizemos um grande jogo”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Treinador orgulhoso da prestação dos jogadores apesar da derrota com o SC Braga num desafio ingrato, cheio de ocasiões de golo perdidas.

ANÁLISE AO JOGO: “O FC Vizela merecia outro resultado, mas o futebol é mesmo assim. Defrontámos uma excelente equipa, muito madura, entrosada, que vem no seu melhor momento, acredito eu. Eles queriam resolver cedo para depois gerir à sua maneira, mas nós também queríamos entrar forte e conseguimos ser agressivos com bola e sem bola. Tivemos um jogo rápido. O SC Braga, como excelente equipa que é, começou a criar-nos problemas com as diagonais. O jogo ficou assim e nós acreditamos que, mantendo esta intensidade, podíamos ter vantagem na segunda parte. Obviamente a expulsão condicionou o SC Braga, mas tivemos mérito a provocar, a tentar sair nos momentos certos, a provocar o erro. Criámos imensas oportunidades, faltou fazermos golo. Se tivéssemos conseguido íamos estar perto da reviravolta. O golo do empate daria um elã muito grande. Estou triste com o resultado, mas orgulhoso e satisfeito com a prestação dos jogadores. Agora é olhar em frente.”

FALTA DE EFICÁCIA: “Faltou-nos sermos mais assertivos e criteriosos no momento da finalização. Tivemos muitas oportunidades, mas não marcamos. Merecíamos ganhar, mas o futebol é injusto. A verdade é que o SC Braga é uma excelente equipa, mas fizemos um grande jogo. Quando nos agarramos à nossa ideia, a ser Vizela, as coisas acontecem. Faltou concretizar, acredito que o vamos fazer já no próximo jogo.”

ESTREIA DE GUO TIANYU: “O Guo foi-nos apresentado, nós observámos e chamou-nos a atenção. É um jogador alto, mas com raio de ação muito grande. Eu gosto de avançados assim. É um jogador que se relaciona bem entre linhas e sabe ligar jogo. Além disso, marca golos. O jogo aéreo é a especialidade dele, mas também a forma como sabe escapar e encontrar espaços para finalizar. Também reconhecemos opiniões sobre a parte humana com quem o conhecia e disseram-nos que é uma pessoa fantástica, que entra no espírito do que é ser Vizela. Recolhendo esses dados todos, fazia sentido ele vir. É importante dizer também que a integração dele está a ser fantástica. É um menino muito interessado, tanto que já fala algumas palavras, já percebe algumas coisas. Em pouco tempo vai falar português e isso vai ajudá-lo na integração. Mas aqui também é fácil. Tenho uns jogadores com um espírito fabuloso e quem entra facilmente é integrado. Ele vai ser feliz, nós também.”

FELICIDADES AO SC BRAGA: “Desejar as maiores felicidades ao SC Braga para quinta-feira. O que têm feito é para nós um orgulho grande e não tenho dúvidas que vão estar na meia-final. Boa sorte para o Braga.”