Sub-19 mereciam mais que a divisão de pontos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na receção a um tranquilo Paços de Ferreira, a formação comandada por Joel Sampaio somou mais um ponto, fruto de um empate a uma bola, mas fez por merecer mais.

A jornada significou somente o fecho da primeira volta nesta Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Juniores ‘A’, porém, para o FC Vizela, pode-se considerar positiva.

Em sete rondas, foi o sexto jogo a somar pela nossa equipa, que realizou uma prestação agradável, à qual só terá faltado um pouco mais de acerto na finalização, pois não faltaram hipóteses para poder sair vencedora do desafio.

O primeiro tempo não teve golos, mas teve sinal mais do FC Vizela, que ficou muito perto de abrir o ativo em três ocasiões. Primeiro foi Marrugo a obrigar Rui Vieira a enorme intervenção, aos 30’, seguindo-se Leyner, aos 39’, e Alejandro, praticamente sobre o apito para o descanso.

Na etapa complementar, a equipa vizelense entrou pujante, a demonstrar muito querer, com Freitas e Alejandro a ameaçarem a baliza pacense, logo nos primeiros minutos. O esférico chegou mesmo a entrar, através de um cabeceamento de Carreira, contudo, o lance acabaria invalidado por uma carga faltosa sobre Rui Vieira.

Na outra extremidade do campo, Ahmad também brilhou naquela que foi a primeira investida de real perigo do Paços de Ferreira, minutos antes da expulsão do colega Marrugo (52’).

Nem esta contrariedade travou a vontade dos vizelenses em chegar ao golo, algo que foi realidade momentos depois, aos 55’, por intermédio de Antunes, que apareceu muito bem a fazer a recarga a um tiro de Leyner ao poste.

No entanto, praticamente nem deu para festejar, já que, volvidos três minutos, o Paços de Ferreira chegou à igualdade por Guilherme Pio.

O jogo prosseguiu vivo e essa emoção colocou as equipas também em igualdade numérica, com a expulsão de Fábio Alexandre, após atingir Alejandro à margem das leis. Faltavam 15’ para o final.

Nesse período, o FC Vizela foi a equipa que mais perto esteve de vencer, mas aí faltou a pontaria aos atacantes azuis, em especial a Adulai Baldé (85’ e 89’).

Com este resultado, o FC Vizela alcançou os 40 pontos, mantendo-se dois pontos acima do indesejado 6º lugar da Zona Norte, ocupado pelo Leixões.

FICHA TÉCNICA

FC Vizela 1-1 FC Paços de Ferreira

Local: Estádio Municipal de Vilarinho (Vilarinho – Santo Tirso)

Árbitro: João Bernardino (AF Viana do Castelo)

Assistentes: Afonso Ferreira e Nélson Santos

FC Vizela: Ahmad, Alex (C), Carreira, Neto, Freitas (Adulai Baldé, 83’), Marrugo, Brito, Antunes (Machado, 56’), Opeyemi (Libório, 45’), Alejandro (Miranda, 86’) e Leyner.

Suplentes não utilizados: Samu, Bernardo e Chico.

Treinador: Joel Sampaio

FC Paços de Ferreira: Rui Vieira, Bacar Baldé, Guilherme Couto (C), Vasco Sousa, Fábio Alexandre, Hugo Tavares (Gonçalo Botelho, 7’), Guilherme Pio, Tiago Sousa (Tomás Sério, 73’), Rodrigo Silva (Miguel Salgado, 61’), Francisco Leal (Vítor Musqueira, 86’) e João Magalhães (Rúben Marques, 61’).

Suplentes não utilizados: Pedro Vieira e Lass.

Treinador: Rui Vieira

Golos: Antunes (55’) e Guilherme Pio (58’).

Cartões Amarelos: Marrugo (5’ e 52’), Bacar Baldé (22’), Tiago Sousa (54’) e Leyner (67’).

Cartões Vermelhos: Marrugo (52’) e Fábio Alexandre (75’).