COMUNICADO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Nas testagens regulares de despistagem à covid-19 que o FC Vizela faz desde que a temporada começou, foram detetados 12 casos positivos nos últimos dias, nove dos quais jogadores da equipa principal. De pronto, o FC Vizela procedeu à realização de testes PCR a toda a estrutura do clube.

Atendendo à dimensão dos números e ao facto de contar com mais sete jogadores indisponíveis (cinco lesionados, um castigado e outro ao serviço da Seleção Nacional da Guiné Bissau), decidiu esta SAD contactar de imediato a Autoridade de Saúde local e solicitar ao FC Porto o adiamento do jogo, pedido recusado ainda no dia de ontem, ainda enquanto aguardava os resultados laboratoriais dos testes PCR. A Federação Portuguesa de Futebol esteve sempre a par de todos estes passos.

Destes resultados apurou-se a confirmação dos positivos descritos anteriormente e de 11 testes inconclusivos, repetidos na manhã de hoje já depois de cancelado o treino previsto. Durante a tarde, os 11 elementos (entre staff e jogadores) tiveram resultados negativos à covid-19. Ainda antes destes serem conhecidos, a Autoridade de Saúde Local informou dos procedimentos a adotar, enviando para isolamento todos os positivos e coabitante e não decretando qualquer outra medida de isolamento aos restantes contactos.

Tendo o FC Vizela número suficiente de jogadores disponíveis para cumprir os regulamentos, entre jogadores da equipa principal, Sub-23 e Sub-19, o jogo desta noite vai realizar-se, ainda que com as limitações inerentes a todo este processo e às baixas acumuladas. A meio da tarde, depois de saber exatamente com que jogadores pode contar, a equipa reuniu-se para o estágio possível e apresentar-se-á em campo, naturalmente, com a alma e ambição de sempre. Contamos com o vosso apoio.

A Administração
FC Vizela, SAD