Nos oitavos com qualidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O FC Vizela foi melhor do que o Estrela da Amadora e justificou o apuramento para a próxima eliminatória da Taça de Portugal. Alex Méndez e Kiko Bondoso fizeram os golos.

O FC Vizela cumpriu com o favoritismo que a diferença de escalões lhe endereçava e carimbou esta tarde o apuramento para os oitavos-de-final da Taça de Portugal. Fê-lo com inteira justiça, diga-se, contra um Estrela da Amadora que nos havia eliminado da Taça da Liga e que valorizou bastante o triunfo, especialmente porque procurou sempre jogar um futebol positivo e nunca se escondeu do jogo.

Para alavancar o triunfo e o jogo bem conseguido da nossa parte, muito contribuiu o golo madrugador de Alex Méndez, lançado à distância por Samu. Na cara de Nuno Hidalgo, o médio driblou o guarda-redes e empurrou para o 1-0. Estavam decorridos 9 minutos de jogo. O Vizela continuou pressionante e com vontade de fazer o 2-0, algo que Schettine quase conseguiu a seguir. O jogo estava controlado, mas a resposta do Estrela na segunda metade do primeiro período criou alguns calafrios. A reta final da primeira parte foi o período menos conseguido da nossa equipa, mas a estrutura defensiva deu conta do recado e garantiu que o 1-0 se mantivesse.

No recomeço, com Marcos Paulo em vez do debutante Alejandro Alvarado, um menino Sub-19 que trabalha com a primeira equipa, o FC Vizela teve a mesma postura do princípio do jogo. E foi com naturalidade que se voltou a acercar com perigo da baliza adversária. Kiko quase fez o 2-0 logo a abrir. E foi ele mesmo que o conseguiu aos 52′, num tiro bem colocado após jogada e assistência de Guzzo.

Com o dilatar do marcador, a nossa equipa sentiu-se ainda mais confortável e dispôs, depois, de algumas boas ocasiões para ampliar. A entrada de Cassiano reforçou o ataque, Zohi também voltou à competição e o jogo nunca perdeu intensidade, porque nem na adversidade o Estrela se rendeu. No fim, um triunfo e um apuramento mais do que merecido.

O sorteio dos oitavos-de-final é no próximo dia 25, às 17 horas.

FICHA TÉCNICA

FC Vizela 2-0 CF Estrela da Amadora

Local: Estádio do FC Vizela (1341 espectadores)

FC Vizela (4-3-3): Charles; Koffi, Aidara, Ivanildo Fernandes, Ofori (Cann 89’); Alejandro Alvarado (Marcos Paulo 45’), Samu (Cann 83′), Raphael Guzzo (Zag 85’); Alex Méndez, Kiko Bondoso, Schettine (Cassiano 63’).

Treinador: Álvaro Pacheco

Suplentes não utilizados: Pedro Silva e Bruno Wilson

CF Estrela da Amadora (4-3-3): Nuno Hidalgo; Sérgio Conceição (Leandro Tipote 80’), André Duarte, Anthony Correia, Afonso Figueiredo; Mamadou Traoré, Diogo Pinto, Reko Silva (Tiago Melo 57’); Diogo Salomão (Fabrício Simões 66’), Miguel Rosa (Chapi Romano 57’), Paulinho.

Suplentes não utilizados: Gonçalo Tabuaço, Matheus Dantas e Miranda

Treinador: Ricardo Chéu

Golos: 1-0 Alex Méndez (9′); 2-0 Kiko Bondoso (52′)

Cartões Amarelos: Anthony Correia (23’), Aidara (35’), Koffi (47’), Marcos Paulo (56’), Chapi Romano (59’) e Sérgio Conceição (78’). 

“Marcámos em momentos importantes e justificámos o apuramento. Não pensamos para já na próxima eliminatória. Quando chegar, seja com quem for, vamos querer ganhar”

Kiko Bondoso (jogador do FC Vizela)

“O Estrela obrigou-nos a fazer um excelente jogo. Merecemos vencer. O Jamor é um sonho dos adeptos, meu e da equipa”

Álvaro Pacheco (treinador do FC Vizela)