Emoção e justiça mesmo no fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Vizela é assim e luta até ao fim. E fim, é mesmo fim. Foi ao minuto 90+7’, mesmo antes do último apito do árbitro Manuel Oliveira, que Guilherme Schettine ofereceu a primeira vitória da temporada e aquela que os adeptos tanto mereciam. Foi uma festa completa, do relvado ao banco, da bancada à cidade. E isto porque, apesar de o golo ter sido deste avançado, o mérito é de toda a equipa, que acreditou até ao fim e procurou a felicidade que mereceu.

O FC Vizela assumiu o jogo e mostrou querer muito ganhar logo desde o princípio. Raphael Guzzo teve o primeiro lance do jogo, mas a bola não entrou. Outros se seguiram, mas a finalização na primeira parte não correu propriamente bem. Kiko Bondoso, Cassiano, Marcos Paulo e Koffi foram outros dos que tentaram marcar, mas sem sucesso. Ao todo, 11 remates nesse período, contra quatro do Tondela, um deles de penálti ao minuto 38. E foi assim que João Pedro inaugurou o marcador. Samu, na resposta, quase empatou, mas ao intervalo o FC Vizela perdia mesmo. Sem merecer…

O regresso do balneário foi feito com a mesma intensidade. O golo parecia uma questão de minutos. Foram seis, para sermos mais concretos. Foi esse o tempo que Kiko Bondoso demorou a empatar, na sequência de uma bola parada. Depois, o jogo entrou numa lógica de ataque contra ataque. Sempre mais incisivo o FC Vizela (na segunda parte foram nove contra quatro remates), mas muito perigoso o Tondela em contra-ataque e a usar a velocidade para explorar os espaços que, naturalmente, íamos deixando. Uma bola aos ferros para cada lado, alguns lances de clara vantagem ofensiva desperdiçada pelas duas equipas e o jogo a seguir num ritmo frenético, mas sem que o nó do empate se desfizesse.

Os últimos 10 minutos voltam a ser de domínio maioritário do FC Vizela. Zohi quase fez saltar a bancada, mas estaria guardado para Schettine o momento mais emocionante. Lançado por Samu, ganhou as costas à defesa beirã, passou a bola por cima de Pedro Trigueira e finalizou para o primeiro triunfo da temporada. E que merecido!

FICHA TÉCNICA

FC Vizela 2-1 CD Tondela

Local: Estádio Capital do Móvel (Paços de Ferreira)

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto)

Assistentes: Inácio Pereira e Hugo Marques

4º Árbitro: Fábio Silva (AF Braga)

FC Vizela: Charles; Koffi, Bruno Wilson, Kiki e Richard Ofori; Marcos Paulo (C), Raphael Guzzo (Claudemir, 68’) e Samu; Nuno Moreira (Zohi, 73’), Cassiano (Schettine, 73’) e Kiko Bondoso (Cann, 84’).

Suplentes: Ivo Gonçalves, Marcelo, Igor Julião, Alex Méndez e Tomás Silva.

Treinador: Álvaro Pacheco

CD Tondela: Pedro Trigueira; Bebeto, Jota, Eduardo Quaresma e Khacef; João Pedro (C) (Telmo Arcanjo, 79’), Tiago Dantas (Undabarrena, 66’) e Rafael Barbosa; Jhon Murillo, Daniel dos Anjos (Dadashov, 79’) e Salvador Agra (Pedro Augusto, 66’).

Suplentes: Babacar Niasse, Rúben Fonseca, Tiago Almeida, Ricardo Alves e Souley.

Treinador: Pako Ayestarán

Golos: João Pedro (38’, g. p.), Kiko Bondoso (51’) e Schettine (90’+7’).

Cartões Amarelos: Bruno Wilson (37’), Marcos Paulo (45’+1’), Jhon Murillo (58’), Khacef (77’), Jota (77’) e Nuno Moreira (90’+7’).