Vitória justa do FC Vizela numa grande partida de futebol

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No primeiro desafio oficial da época em casa, a nossa equipa venceu (e convenceu) na receção ao candidato Sporting de Braga ‘B’, triunfando por duas bolas sem resposta.

As boas expectativas alimentadas por força do bom jogo realizado na Madeira e a perspetiva de um grande duelo entre azuis e encarnados da capital minhota atraíram muitos vizelenses ao estádio, eles que, a avaliar pela crença transmitida lá para dentro, saíram bastante satisfeitos.

De volta ao jogo, tratou-se de um grande espetáculo desportivo, onde não faltou intensidade, emoção, futebol de ataque e golos. Antes disso, respeitou-se um minuto de silêncio em memória de Salvador Teixeira, antigo Vice-Presidente e Sócio Benemérito do clube.

A nossa equipa entrou fortemente determinada em chegar ao golo. Ainda nem estava cumprido o primeiro minuto de jogo e já Diogo Ribeiro ensaiava o remate, após boa recuperação de Zag.

O conjunto bracarense reagiu à pressão inicial por Gonçalo Gregório, que, com um disparo do meio da rua, levou o esférico a tocar no poste (7’), e por Denísson, protagonista de um livre executado com força, ao qual Rafa respondeu com segurança.

Mais eficaz, a nossa equipa abriu o marcador à passagem do minuto 14. Grande jogada dos azuis, que tiveram Kiko Bondoso a assistir Diogo Ribeiro na perfeição para o golo.

A partida seguiu muito bem disputada com o FC Vizela a demonstrar organização e concentração máxima na neutralização dos problemas ofensivos criados pela turma bracarense.

Por via disso mesmo, o Sporting de Braga ‘B’ somente levou perigo à baliza de Rafa na sequência de lances de bola parada. Exemplos disso, um livre de Pedro Amador, que obrigou Rafa a segurar a dois tempos (34’), e um cabeceamento de Rodrigo Borges, após canto.

A diferença mínima no resultado acabava por premiar o rigor e a entrega da nossa equipa perante um adversário recheado de valor e a provar ser, de facto, um grande candidato à subida.

No recomeço, as duas formações regressaram dos balneários dispostas a alterar o marcador. De um lado, o FC Vizela queria mais, do outro, naturalmente, chegar ao empate era o desejo.

Esta discussão acentuou os níveis de emoção no encontro e as duas equipas ficaram mesmo reduzidas a dez unidades. Primeiro, foi o FC Vizela a ficar sem Ericson (acumulação de cartões), sendo acompanhado, logo a seguir, pelo bracarense Rodrigo Borges.

Por esta altura, viviam-se alguns momentos de tensão também fora das quatro linhas, com os nossos adeptos a manifestarem o seu desagrado, em particular pela expulsão de Ericson.

Entretanto, Álvaro Pacheco lançou a figura do triunfo na Madeira, Mendes, e este não demorou muito a criar mossa no último reduto do adversário, através de uma bela iniciativa, aos 65’.

À entrada para o derradeiro quarto de hora, Mendes voltou a dar nas vistas. Grande momento do extremo a obrigar Ricardo Velho a esticar-se para evitar o 2-0, depois de uma interessante jogada de Fall, atacante lançado no desafio poucos antes.

Nas bancadas, os adeptos seguiam empolgados com cada lance desenhado pela nossa equipa, numa altura em que o FC Vizela espreitava cada vez mais o tento da tranquilidade.

Aos 81’, Mendes voltou a surgir em excelente plano no corredor direito a assistir Fall, que procurou fazer o desvio certeiro de cabeça.

Logo a seguir, numa das poucas aproximações do Sporting de Braga ‘B’ à área vizelense, Makouta ainda introduziu o esférico na baliza, mas o lance foi prontamente invalidado por posição irregular de um bracarense, que surgiu para um primeiro cabeceamento, na sequência de um livre lateral.

O jogo aproximava-se do final e a trovoada de Verão começava a rasgar os céus de Vizela. Foi então que, no relvado, um rasgo de inspiração de Fall motivou o rejubilo dos nossos adeptos e a certeza de que mais três importantes pontos ficavam ali conquistados.

Um triunfo inteiramente justo do FC Vizela, frente a um conjunto bastante dotado, que certamente lutará por um dos dois primeiros lugares da tabela, onde, de resto, a nossa equipa se encontra em função das duas vitórias alcançadas em outros tantos jogos.

O próximo embate acontece no domingo, dia 01 de Setembro, em Pedras Salgadas, reduto onde o FC Vizela foi feliz nas últimas duas temporadas.

 

Ficha Técnica

Resultado: FC Vizela 2-0 Sporting de Braga ‘B’

Local: Estádio do Futebol Clube de Vizela (Vizela)

Árbitro: Márcio Torres (AF Viana do Castelo)

Assistentes: Emanuel Rocha e Bruno Rocha

FC Vizela: Rafa; Koffi, Matheus, João Faria e Kaká; Ericson, Zag (C) e André Soares (Okoli, 76’); Cann (Mendes, 63’), Diogo Ribeiro (Fall, 69’) e Kiko Bondoso.

Suplentes não utilizados: Cajó, Vasco Lopes, Aidara e João Pedro.

Treinador: Álvaro Pacheco

Sporting de Braga ‘B’: Ricardo Velho; Fabiano, Bruno Rodrigues, Rodrigo Borges e Pedro Amador; Makouta, Kodisang (Paulinho, 53’) e Afonso Caetano (C) (Rodrigo Lima, 77’); Denísson (Anthony Correia, 58’), Gonçalo Gregório e Kiki.

Suplentes não utilizados: Rogério Santos, Schurrle, Fábio Vianna e Elias.

Treinador: Rui Santos

Golos: Diogo Ribeiro (14’) e Fall (90’+2’).

Cartões Amarelos: Ericson (33’ e 55’), Gonçalo Gregório (37’), Denísson (42’), Makouta (52’), Zag (53’), Paulinho (63’), Koffi (87’) e Rafa (89’).

Cartões Vermelhos: Ericson (55’), Pedro Nogueira, fisioterapeuta do FC Vizela (56’) e Rodrigo Borges (57’).