Vizelenses demolidores em Oliveira de Santa Maria

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O numeroso público vizelense, que protagonizou nova jornada de intenso apoio, não estaria à espera de festejar assim tantos golos, num recinto onde as vitórias escapavam há cinco anos.

O FC Vizela triunfou por 10-0 (!) sobre uma AD Oliveirense a viver um período de turbulência interna, associada a uma transição administrativa e a uma reformulação do seu plantel.

Não foi inédito um resultado com esta envergadura para o lado vizelense. Há cerca de 14 anos, em Leça da Palmeira, justamente no ano da primeira ascensão à 2.ª Liga, o FC Vizela goleou pelos mesmos números um Salgueiros em fim de linha e composto totalmente por juniores.

A diferença para este jogo é que, na turma de Oliveira de Santa Maria, apenas um dos elementos tinha idade júnior, pelo que o FC Vizela é que não esteve pelos ajustes.

Tudo ficou simplificado logo no início da partida, à custa de um Fall com faro de golo. Aos 7’, o goleador senegalês (que lidera a tabela de marcadores da Série A) não deu hipóteses com a sua velocidade, percorreu meio campo e, à saída de Jorginho, inaugurou o marcador.

Bastaram apenas mais dois minutos para novo tento. Correia amorteceu para Diaby rematar ao poste e, na recarga, lá estava o oportuno Fall a elevar a contagem.

Ao quarto de hora de jogo, esteve iminente o terceiro, num pontapé livre de Zé Valente ao poste, ficando clara a ideia de que a intensidade imposta pelo FC Vizela iria fazer danos no adversário.

Aos 18’, o jovem guarda-redes Jorginho protagonizou espantosa defesa a negar o terceiro a Fall, após jogada de Rafael Viegas, mas nada pôde fazer para impedir o disparo vitorioso de Zé Valente, aos 22’, também assistido pelo lateral-direito brasileiro.

Praticamente sobre a meia hora de jogo (29’), o FC Vizela deu um toque de goleada ao resultado através do inevitável Fall, que, de cabeça, correspondeu bem ao cruzamento de Igor Rocha.

Até ao descanso, Cajó continuou a ser mero espectador, também porque a equipa de Rui Amorim nunca deixou de ser fiel a si própria, como se o jogo estivesse ainda empatado a zero.

Zé Valente, de meia distância, fez Jorginho brilhar entre os postes e Fall, na sequência de um canto, atirou ligeiramente por cima, em mais duas boas situações para marcar.

No reatamento, muitos poderiam pensar que o FC Vizela iria apostar na conservação do resultado, baixando o ritmo do encontro, mas… nada disso!

A forte dinâmica entre todos os companheiros tornou-se num pesadelo para a AD Oliveirense, que não teve como estancar a veia goleadora dos azuis e brancos.

Aos 52’, Rafael Viegas cruzou ao segundo poste, Correia ainda foi lá e André Soares foi rápido a aparecer e a finalizar para o quinto do desafio.

Os golos sucederam-se à medida que o estado anímico do adversário foi caindo. Zé Valente quis seguir as pisadas de Fall, precisamente quem o assistiu, e bisou à passagem dos 57’.

Entretanto, Leandro Souza e João Oliveira foram lançados por Rui Amorim e o primeiro não demorou muito a associar o seu nome à lista dos marcadores. Fall rompeu pelo lado direito e serviu o colega de bandeja para o sétimo (66’).

Na única vez que a AD Oliveirense conseguiu chegar mais perto da baliza de Cajó, Stanly atirou muito por cima na cobrança de um livre frontal.

Nos instantes finais, já com o adversário a suspirar pelo derradeiro apito, o FC Vizela fez crescer o triunfo até à dezena. Correia bisou e, em ambas as situações, teve Leandro Souza na jogada, ele que também assinou um “bis”, fechando as contas aos 89’, a passe de Diaby.

Em suma, foi uma tarde em cheio para a formação de Rui Amorim e para os muitos adeptos que se deslocaram da cidade termal.

Realce para mais uma vitória da força coletiva da equipa, dedicada a Zag, que se lesionou com gravidade na Trofa, e, claro está, para a exibição de Fall (três golos e duas assistências).

O FC Vizela segue, assim, isolado na liderança da Série A, com um ponto de vantagem sobre o São Martinho e dois sobre o Trofense, terceiro classificado.

O próximo embate dos vizelenses acontece no domingo, dia 23, às 15:00 horas, diante do Taipas, que também goleou o Pedras Salgadas.

 

FICHA DE JOGO

AD Oliveirense 0-10 FC Vizela

Árbitro: André Neto (AF Vila Real)

Assistentes: Israel Lopes e Daniel Neto

AD Oliveirense: Jorginho; Florentino, Dalhata Soro, Darson (Bruno Santos, 45’) e Ítalo; Nuno Afonso, Dylan, Mohamed Toure (C) e Rúben Ferreira (Luís Ferreira, 70’); Diallo e Stanly.

Suplentes não utilizados: Pedro, Tiago, Brandão, Veloso e Rui Ribeiro.

Treinador: Paulo Santos

FC Vizela: Cajó; Rafael Viegas (João Pedro, 70’), Weliton (C), João Faria e Igor Rocha; Silla (João Oliveira, 62’), Diaby, Zé Valente e André Soares (Leandro Souza, 59’); Correia e Fall.

Suplentes não utilizados: Rafa, Kaká, Aidara e Leandro Borges.

Treinador: Rui Amorim

Golos: Fall (7′, 9’ e 29’), Zé Valente (22’ e 57’), André Soares (52’), Leandro Souza (66’ e 89’) e Correia (85’ e 87’).

Cartões Amarelos: Nuno Afonso (33′), Silla (41’), Dalhata Soro (47’), Mohamed Toure (57’), Florentino (57’), Stanly (64’), Weliton (67’), João Faria (75’).