Um golo de bandeira traído no último minuto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

FC Vizela e GD Chaves empataram 2-2. Vizelenses fizeram mais por merecer, especialmente na segunda parte do jogo. Depois de vários lances desperdiçados para fazer o 3-1, os flavienses empataram aos 90’+5′. Etim marcou de bicicleta.

Apesar de Álvaro Pacheco e Vítor Campelos terem rodado bastante as respetivas equipas, FC Vizela e GD Chaves não acusaram, nem as mudanças, nem a chuva intensa que caiu durante todo o jogo e proporcionaram um excelente espetáculo. Especialmente pelo FC Vizela e especialmente no segundo tempo. Mas vamos começar pelo primeiro, mais repartido e equilibrado. O FC Vizela até começou melhor e deu o primeiro sinal de perigo num cabeceamento muito perigoso (12′) de Alejandro, que só um voo tremendo de Paulo Vítor parou. O GD Chaves respondeu de livre direto, por Euller (28′), mas Luiz Felipe respondeu na mesma moeda. Até que, aos 32′, Luther Singh isolou-se, esgueirou-se para a baliza e fez o 0-1. O resultado não duraria muito tempo assim, porque, aos 36′, Etim teve direito ao palco para o momento da noite. Bola cruzada por Nuno Moreira na esquerda, Zohi amortece de cabeça e Etim saca uma bicicleta do outro mundo. Que golaço! Dificilmente haveria melhor forma de ir para o intervalo.

No recomeço, com Raphael Guzzo e Samu em vez de Rashid e Alejandro, o FC Vizela instalou-se de vez no meio-campo do adversário. E as ocasiões de golo sucederam-se a uma velocidade estonteante. Nuno Moreira e Raphael Guzzo, em dois momentos, aos 55′, após cruzamento de Igor Julião, foram o expoente máximo, mesmo que Zohi também tenha deixado marca. Seguiu-se a expulsão de Carlos Ponck, aos 64′, por travar Etim, que seguia isolado. Do livre, nada resultou, mas, da vantagem numérica, resultaram mais um sem número de ocasiões, desde remates mal enquadrados, desvios falhados e um lance genial de Samu, que terminou num remate a rasar o poste. Pouco depois, aos 75′, Nuno Moreira encontra Raphael Guzzo. Isolado, chega finalmente o 2-1, mais do que justo por essa altura.

Os 15 minutos que se seguem são o paradigma do futebol: o FC Vizela teve vários lances (especialmente nas jogadas conduzidas nas alas por Kiko Bondoso e Nuno Moreira) para matar o jogo e acabou a morrer. Aos 85′ Jô Batista falhou na cara de Luiz Felipe. Aos 90’+5′ Abass Issah foi mais eficaz, após uma desatenção da defesa que lhe permitiu isolar-se. O jogo terminou logo a seguir. De forma ingrata.

FICHA TÉCNICA

FC Vizela 2-2 GD Chaves

Local: Estádio do Futebol Clube de Vizela (1.490 espectadores)

Árbitro: Carlos Macedo (AF Braga)

Assistentes: Luciano Maia / Fábio Silva

4º Árbitro: David Silva (AF Porto)

Vídeo-Árbitro (VAR) / AVAR: João Pinheiro (AF Braga) / Sérgio Jesus

FC Vizela (4x3x3): Luiz Felipe; Igor Julião (Tomás Silva, 74’), Aidara (Bruno Wilson, 79’), Ivanildo e Matheus Pereira; Claudemir (C), Rashid (Raphael Guzzo, 45’) e Alejandro (Samu, 45’); Zohi (Kiko Bondoso, 66’), Etim e Nuno Moreira.

Suplentes não utilizados: Buntic, Osmajic, Alexander Schmidt e Alex Méndez.

Treinador: Álvaro Pacheco

GD Chaves (4x3x3): Paulo Vítor; Habib Sylla, Carlos Ponck, João Queirós e Sandro Cruz; Obiora, João Mendes (Nélson Monte, 71’) e João Teixeira (C) (Ricardo Guima, 83’); Euller (Abass Issah, 71’), Patrick (Jô Batista, 63’) e Luther Singh (Jonny Arriba, 63’).

Suplentes não utilizados: Gonçalo Pinto, Juninho, Benny e João Correia.

Treinador: Vítor Campelos

Golos: 0-1 Luther Singh (33’), 1-1 Etim (35’), 2-1 Raphael Guzzo (75’) e 2-2 Abass Issah (90’+3’).

Cartões Amarelos: Ivanildo (27’), Claudemir (42’), Ricardo Guima (84’), Habib Sylla (90’+1’) e Etim (90’+1’).

Cartões Vermelhos: Carlos Ponck (64’) e João Mendes (90’+3’, no banco).

“O golo de bicicleta é algo que treino muito. Foi o trabalho duro que me trouxe aqui e é o que vou continuar a fazer. Estamos desapontados, mas temos de focar no próximo jogo.”

Etim, jogador do FC Vizela

“Merecíamos vencer. Estou muito satisfeito com o que fizemos, menos com a desatenção final.”

Álvaro Pacheco, treinador do FC Vizela
O golaço da noite, apontado por Etim, que permitiu empatar a partida (1-1), aos 35′.
O golo da reviravolta (2-1), apontado por Raphael Guzzo, aos 75′.