“Vai ser muito difícil, mas queremos a terceira vitória seguida”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Álvaro Pacheco alerta para o valor do CD Santa Clara, superior aos resultados acumulado. Só um FC Vizela ao melhor nível pode fazer história e ganhar amanhã, no jogo às 15h30.

O treinador do FC Vizela quer muito somar o terceiro jogo seguido a vencer na I Liga, algo que seria histórico, e admite que consegui-lo é uma motivação especial para o plantel; mas alerta para as dificuldades que os resultados dos Santa Clara escondem. O adversário vale muito mais e só uma equipa com foco máximo pode superar este grande desafio, explicou em Conferência de Imprensa.

MOMENTO DO SANTA CLARA: “Não concordo nada que o Santa Clara seja o adversário ideal. Não está a passar o momento que desejaria, mas se olharem aos seus desempenhos, ao potencial da sua equipa e aquilo que têm feito, percebem a qualidade. E num Liga tão competitiva, uma vitória do Santa Clara ia deixá-los a três pontos de nós. Ainda há um equilíbrio muito grande. Não há adversários ideiais, sabemos que o Santa Clara vai entrar à procura da vitória que tem fugido. É um adversário ainda em construção e que vai evoluir. Temos de ser competentes e impor o nosso jogo para poder vencer. De outra forma não será possível, para superar este adversário tão difícil temos de estar ao nosso nível e não podemos deixar que seja o Santa Clara a impor o seu jogo”

TRÊS VITÓRIAS SEGUIDAS: “É verdade que nunca conseguimos e não escondo que é uma motivação extra além da conquista dos três pontos. A maior parte destes njogadores tem vindo a fazer história no clube e amanhã temos outra marca passível de ser histórica. O jogo é em casa, vamos ter estádio cheio e o 12º jogador a apoiar-nos para fazer história.”

QUE ADVERSÁRIO ESPERA: “Pode chegar aqui a querer ganhar e a disputar o jogo, a querer pegar no jogo. Isso é o que eu espero deles. Mas também pode ser mais calculista, mais à espera do nosso erro. Trabalhámos os dois cenários durante a semana para sermos capazes de ter sucesso com qualquer situação que o Santa Clara nos provoque”

SANTA CLARA MARCA POUCO/VIZELA DEFENDE BEM: “Se olharmos para os números, o Santa Clara marca pouco. Mas se olharmos para as oportunidades e qualidade, têm tido muitas. Falta discernimento e tranquilidade. Mas a nossa equipa evoluiu muito no processo defensivo e espero que mantenham essa solidez. Para isso é obrigatório estar focado. Vai haver muitos duelos e temos de estar focados para os ganhar. Temos de controlar os processos de qualidade do Santa Clara, seja no espaço lateral ou na profundidade”

JOGO EM PENAFIEL TRAZ DORES DE CABEÇA: “Sem dúvida. Estou muito satisfeito com este plantel. Há jogadores que não têm sido convocados e mereciam jogar. Mas quem tem estado a jogar deixa-me num nível muito feliz. São as boas dores de cabeça. O que eu tenho de pensar é naquilo que é melhor parta a equipa. Vamos ter 11 jogadores fantásticos com vontade de ganhar e outros muito desejosos de entrar para ajudar.”