Reviravolta para a felicidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Vitória justíssima em Tondela por 3-2, num jogo impróprio para cardíacos que começou mal mas terminou em festa junto de cerca de 200 adeptos. Cassiano bisou e deu o triunfo aos 87′, Guzzo fez o outro golo, mas houve muitas oportunidades de golo

O FC Vizela venceu em Tondela num jogo louco e muito emotivo, mas no qual a nossa equipa viu premiada a coragem, ousadia e os 21 remates de que dispôs. A verdade é que, apesar de justo, o triunfo não foi nada fácil. Mas vamos começar pelo princípio.

O FC Vizela começou melhor e a dispor das melhores ocasiões. Alex Méndez deu o primeiro sinal de grande perigo, mas Trigueira defendeu e no ataque seguinte o CD Tondela inaugura o marcador por Salvador Agra, que recebeu à esquerda do ataque, encarou Koffi e enganou Pedro Silva. Resposta pronta do Vizela, com jogada bem desenhada pela esquerda e cruzamento milimétrico de Ofori para Cassiano empatar, de cabeça. Estava refeita a justiça, mas rapidamente tentamos adiantar-nos no marcador. Só dava Vizela nessa fase e dispusemos então de alguns lances para o 1-2. Pelo meio, Salvador Agra fez um golaço, mas invalidado por fora de jogo bem tirado a Daniel dos Anjos. E sem percebermos bem como, aos 42′ sofremos o 2-1 de penálti. Nem isso nos intimidou, mas o dia não era de eficácia e desperdiçamos o 2-2 mesmo sobre o intervalo. Cassiano ganhou na pressão, isolou-se, mas Trigueira fez uma grande defesa.

No recomeço não entrámos bem e a verdade é que os primeiros 25 minutos da segunda parte não têm muito de bom para contar. Mas o empate – Guzzo de cabeça após cruzamento de Kiko – mudou tudo e lançou a equipa definitivamente para o triunfo. Num ápice sucederam-se lances claros de golo, com destaque para Nuno Moreira e Samu, que em frente a Trigueira tiveram tudo para fazer o 2-3 mais rapidamente. No lance de Nuno a bola vai mesmo à trave. E foi na sequência desta pressão que colhemos o justo fruto. Nuno, Kiko, Samu, Cassiano… poesia coletiva com o brasileiro a encostar, na pequena área. Foi a festa coletiva.

Seguiram-se nove minutos de tempo extra e algum sofrimento. Primeiro porque o Tondela marcou mas viu novamente o tento bem invalidado por fora-de-jogo. Depois numa série de bolas paradas, que não levaram grande perigo mas, nesta fase do jogo, têm sempre grande peso emocional. Resistimos, vencemos e merecemos.

FICHA TÉCNICA

CD Tondela – FC Vizela

Local: Estádio João Cardoso

Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa)

Assistentes: Gonçalo Freire / José Luzia

4º Árbitro: Flávio Lima

Vídeo-árbitro (VAR): Rui Oliveira

CD Tondela (4x3x3): Pedro Trigueira; Bebeto (Tiago Almeida 46′), Sagnan, Manu Hernando (Eduardo Quaresma 90′), Neto Borges; Ricardo Alves (Rafael Barbosa 75′), Tiago Dantas, João Pedro; Boselli (Telmo Arcanjo 82′), Daniel dos Anjos (Dadashov 82′), Salvador Agra

Suplentes não utilizados: Niasse, Khacef, Rúben Fonseca, Avilés,

Treinador: Pako Ayesterán

FC Vizela (4x3x3): Pedro Silva; Koffi, Anderson, Aidara e Ofori (Kiki 64′); Claudemir, Samu (Marcos Paulo 90+4′) e Alex Méndez (Guzzo 46′); Cassiano, Schettine (Nuno Moreira 32′) e Kiko Bondoso (Zohi 90+4′).

Suplentes não utilizados: Charles, Igor Julião, Zag, Cann

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: 1-0 Salvador Agra (12′), 1-1 Cassiano (16′), 2-1 João Pedro (42′ g.p.), 2-2 Guzzo (72′) , 3-2 Cassiano (87′)

Cartões Amarelos: Bebeto (39′), Daniel dos Anjos (69′), João Pedro (77′); Ofori (11′), Samu(31′), Pedro Silva (40′), Nuno Moreira (51′), Koffi (52′), Kiko Bondoso (65′)

Cartões Vermelhos: Nada a assinalar

“Foi um jogo fantástico, de grande qualidade. Fomos a melhor equipa. Lidámos muito bem com as contrariedades deste jogo. Mostrámos um caráter muito forte. Esta vitória é para toda a família vizelense, que esteve connosco mesmo nos momentos mais difíceis”

Álvaro Pacheco (treinador do FC Vizela)

“Sabíamos que era um jogo importante. A luta é muito forte. O campeonato está muito competitivo e esta vitória é importante para a nossa caminhada.”

Raphael Guzzo (jogador do FC Vizela)

“Dedico o prémio MVP a todos os meus colegas, que acreditaram de início ao fim”

Cassiano (jogador do FC Vizela)