Ação social: FC Vizela entrega donativo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Parceria com a Olicargo resultou num valor total de 1000 euros para a Liga Portuguesa contra o Cancro. O presidente Diogo Godinho e os jogadores Ivanildo Fernandes e Tomás Silva representaram o clube.

Concluído o “Outubro Rosa” e a habitual campanha da Liga Portuguesa Contra o Cancro na luta contra o Cancro da Mama e no alerta à sua prevenção, o FC Vizela e a Olicargo deslocaram-se à sede do Núcleo do Norte, no Porto, para entregar um donativo de mil euros. Esse foi o valor apurado na venda de 500 cachecóis produzidos pela Olicargo numa parceria com o FC Vizela e desenvolvida, essencialmente, no último jogo caseiro contra o Benfica.

O mérito do donativo é, essencialmente, da sociedade civil, mas a Olicargo e o plantel principal do FC Vizela também contribuíram. Hoje foi dia de visitar as instalações da Liga Portuguesa contra o Cancro e conhecer o trabalho incrível feito nessa instituição. Diogo Godinho, presidente da SAD do FC Vizela, Andreia Barros, diretora de marketing da Olicargo foram os representantes máximos das duas instituições que Pedro Dias, diretor do núcleo do Norte, recebeu, mas também os jogadores Ivanildo Fernandes e Tomás Silva estiveram presentes,

No final, todos saímos sensibilizados pelos vários projetos desenvolvidos na Liga, desde o rastreio, às consultas psico-oncológicas e ao alojamento temporário para doentes oncológicos. O voluntariado é palavra de ordem da casa e ajudar foi, na tarde de hoje, o verbo que mais usamos. “Pequenos gestos fazem a diferença”, sintetizaram os presentes, já depois de Pedro Dias ter lançado o repto para mais uma campanha social, agora virado para a prevenção do cancro da próstata. Nos próximos dias poderá haver novidades.

Pedro Pereira Dias (diretor do Núcleo Regional do Norte da LPCC): “A Liga nasce essencialmente da sociedade civil, dos voluntários, todos estamos aqui por uma causa. A Liga tem uma ação social, psico-oncologia, rastreios, apoio jurídico e zona de acolhimento temporário para doentes oncológico. É fundamental esta ação do futebol, porque é uma área com imensa população, para chamar a atenção para a necessidade de diagnósticos e prevenção primária, para apanhar o cancro num estadio inicial para que possamos ter mais vencedores e mais sucesso.”

Diogo Godinho (presidente da SAD do FC Vizela): “É um orgulho para o FC Vizela participar nestas iniciativas. Ajudar é a palavra de ordem aqui. Hoje estamos nós a ajudar, mas ninguém sabe o futuro e se um dia não somos nós a precisar de ajuda. Devo salientar a importância de todos os que ajudaram esta causa, adeptos e até os jogadores que também contribuíram, à Olicargo, que prontamente aceitou o desafio e ajudou a estabelecer um modelo que funcionasse e, no final, agradecer a todos os que aqui trabalham. Eu desconhecia o que aqui se fazia, a maioria dos portugueses também, mas é um trabalho fantástico em prol da sociedade”.

Andreia Barros (diretora de marketing da Olicargo): “Com pequenos gestos fazem-se grandes diferenças e conseguimos angariar mil euros para esta causa tão nobre. Com muito orgulho nosso houve grande recetividade das pessoas e isso culminou no dia do jogo do Benfica numa  onda rosa muito bonita e emocionante, que nos deixa com a sensação de missão cumprida e com o sentimento reforçado de que juntos somos mais fortes. Pessoalmente e em nome da Olicargo é com muito orgulho que fazemos parte deste projeto. É mais um de muitos que temos realizado com o Vizela de quem orgulhosamente somos parceiros. Revemo-nos muito nos seus valores, atitude e na proatividade que têm nestas causas. Acredito que o melhor ainda está para vir e podemos continuar a trabalhar juntos nestas causas. Esta visita foi intensa. Todos nós, pelo menos uma vez na vida, devíamos vir aqui. Saímos todos com sentimento de missão cumprida. Se todos nós fizermos um bocadinho conseguimos resultados muito melhores e salvaremos mais vidas Quero agradecer às pessoas que trabalham aqui. Além de grandes profissionais são grandes ser humanos. A todos o nosso gigante obrigado. Parabéns e continuem a inspirar-nos todos os dias”

Ivanildo Fernandes (jogador do FC Vizela): “Acho que estas visitas são importantes. Nós, jogadores e clubes, temos grande peso na sociedade e temos que usar essa influência para consciencializar a sociedade e ajudar. Como já disseram, hoje ajudamos nós, no futuro podemos precisar de ajuda. Desconhecia muito sobre esta instituição, saio daqui esclarecido e com grande consideração pelo trabalho destes senhores. Quero agradecer-lhes por isso”

Tomás Silva (jogador do FC Vizela): “Sabemos que o futebol tem um impacto grande na sociedade e consegue chegar a muitas pessoas. Para nós, jogadores, é importante ajudar a estas causas, porque vivemos num mundo um bocado à parte. Sabendo da dificuldade que estas pessoas têm, é importante ajudarmos a perceber que se cada um fizer um bocadinho, por mais pequeno que seja o gesto, podemos mudar a vida das pessoas”