Sub-19 bastante penalizados na receção ao Paços de Ferreira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Em jogo a contar para a jornada 7 do Campeonato Nacional de Juniores A (1.ª Divisão), o segundo na condição de visitado, o FC Vizela não somou pontos diante do Paços de Ferreira (1-2).

Uma partida entre equipas com percurso idêntico, que, de resto, se encontravam em igualdade pontual, mas cujas circunstâncias acabaram por penalizar a formação orientada por Joel Sampaio, designadamente um critério muito discutível do trio de arbitragem que viajou do Porto.

Os azuis começaram bem o jogo, chegando a introduzir o esférico na baliza, um lance invalidado por aparente posição irregular, porém, em poucos minutos, a história foi distinta.

Luiz Neto não merecia sair castigado numa fase tão precoce, aos 18’, quatro minutos depois de ter sido admoestado com a primeira cartolina amarela. Tudo porque escorregou no momento em que procurava sacudir o esférico, tornando inevitável o toque involuntário num pacense.

O certo é que o lance viria a resultar na abertura do marcador. De livre direto, João Magalhães não deu hipótese de defesa a Ahmad Ibrahim e colocou a sua equipa na frente.

A incidência desestabilizou momentaneamente o FC Vizela, que viu o Paços de Ferreira ameaçar elevar a contagem por três ocasiões.

Ainda assim, o conjunto vizelense voltou a unir forças e ficou muito perto do empate nos instantes finais do primeiro tempo, em duas situações claras de golo por João Pacheco e Adulai Baldé.

O recomeço trouxe, de novo, um FC Vizela a procurar o golo, porém, aos 51’, uma mão na área pacense ficaria por sancionar e a respetiva grande penalidade por assinalar.

Logo a seguir, Edmilson Mendes escapou à expulsão antes de ser substituído e Adulai Baldé voltou a criar muito perigo, numa fase que poderia ditar um rumo diferente no desafio.

Só que João Magalhães, de ângulo reduzido, bisou com novo remate certeiro, deitando quase por terra as aspirações dos azuis, que, saliente-se, perante todas estas contrariedades, agarraram-se à boa atitude para discutir o jogo até final. Alex, da marca dos onze metros, ainda reduziu a diferença, mas já não havia tempo para mais.

Com quatro pontos somados até ao momento, o FC Vizela prepara-se agora para defrontar o FC Porto, líder destacado da Zona Norte, que conta por vitórias todos os jogos disputados.

A partida está marcada para as 15h00 do próximo dia 02 de Outubro, no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Pedroso (Vila Nova de Gaia).

FICHA TÉCNICA

FC Vizela 1-2 FC Paços de Ferreira

Local: Estádio Municipal de Vilarinho (Vilarinho – Santo Tirso)

Árbitro: Humberto Teixeira (AF Porto)

Assistentes: João Martins e Manuel Soares

FC Vizela: Ahmad Ibrahim; Vitinha (João Lopes, 72’), Luiz Neto, Alex e Francisco Silva (Jorginho, 79’); Luis Marrugo (Jony, 72’), Diogo Antunes (Nuno Almeida, 79’) e Alejandro; Adulai Baldé (Joel Veloso, 66’), João Pacheco e Tiago Brito.

Suplentes não utilizados: Samu e Gonçalo Miranda.

Treinador: Joel Sampaio

FC Paços de Ferreira: Pedro Vieira; Miguel Mota, Fábio Alexandre, Guilherme Couto e Tomás Sério; Vasco Sousa, Hugo Tavares (Porfírio Gomes, 83’) e Francisco Leal (Tiago Sousa, 62’); Guilherme Pio (Rodrigo Silva, 83’), Edmilson Mendes (Rúben Marques, 56’) e João Magalhães (Gonçalo Botelho, 83’).

Suplentes não utilizados: Rui Vieira e Ismael Cande.

Treinador: João Cortesão

Golos: João Magalhães (20’ e 63’) e Alex (90’, g. p.).

Cartões Amarelos: Luiz Neto (14’ e 18’), Hugo Tavares (44’), Tiago Brito (47’), Edmilson Mendes (48’), João Pacheco (55’), Porfírio Gomes (90’+2’) e Jorginho (90’+3’).

Cartão Vermelho: Luiz Neto (18’).