Álvaro Pacheco: “Com calma, o FC Vizela fará a época que pretende”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

ANÁLISE AO JOGO: “O Vitória SC é um justíssimo vencedor, mas os números parecem-me bastante exagerados. O Vitória SC foi melhor que nós, mas foi pena aquele 1-0 de penálti num momento em que estávamos a consolidar o nosso jogo. A primeira parte até foi equilibrada, apesar de eles terem mais bola. Na segunda, o Vitória SC entrou com um caudal ofensivo muito forte, mas, na melhor fase do jogo, quando estávamos a consolidar o nosso jogo, especialmente ofensivo, perdemos a bola e fizemos um penálti. E antes até tínhamos marcado pelo Samu, mas foi invalidado. O 2-0 veio logo a seguir a equipa quebrou emocionalmente.”

ERROS E GOLOS ANULADOS: “Quem perde comete sempre erros e, neste caso, foram alguns, mas o maior penso ter sido não termos conseguido ter bola. Sempre que a recuperávamos, voltávamos a perder. E isso não só dava confiança ao Vitória SC, como nos tirava frescura física e não nos permitia recuperar com bola. Ainda assim, sublinho que quisemos sempre jogar e procurar o golo, que merecíamos. Acreditando que, se o segundo golo não fosse anulado, as coisas teriam sido diferentes. O golo ia trazer qualidade e confiança e levar a equipa para outros patamares.”

GOLOS SOFRIDOS: “Há uma coisa de que não abdico, que é desta forma de jogar, à procura de ganhar. Gosto que as minhas equipas sejam corajosas, olho para qualquer desafio como uma oportunidade de crescer. Não gosto que as minhas equipas estejam passivas à espera do erro. Gosto de discutir o jogo, é assim que os jogadores crescem, seja para jogar aqui ou noutro clube. É nestes jogos que crescemos. E devo dizer que já sofremos quatro penáltis. Neste jogo foram números exagerados, mas é o que é. A equipa vai melhorar, é olhar em frente.”

CRESCIMENTO E FUTURO: “Estamos a passar por uma fase que passamos na última temporada, de adaptação dos jogadores. Já tínhamos dito que seria assim. Vamos aprender com os jogos, com os erros, vamos refletir sobre isso. Queríamos ter o plantel fechado mais cedo, mas somos criteriosos na escolha. Teria sido melhor, claro, termos todos os jogadores na pré-época para já estarem mais entrosados, mas não é por aí. Nós procuramos soluções e a resposta dos jogadores tem sido fantástica. Com calma e tranquilidade, o FC Vizela vai fazer a temporada e o campeonato que pretende.”

SUBSTITUIÇÕES: “Os jogadores que entraram fizeram o Vitória SC crescer, conseguiram mexer, mas nós também. Com o Claudemir conseguimos estabilizar, até fez um grande passe para o tal golo anulado. Ainda estamos a cometer erros próprios de quem está a crescer. Pagamos isso, claro. É óbvio que gostávamos de ter o Ivanildo mais cedo, mas faz parte. A equipa vai crescer e vai estar preparada para os próximos desafios. Quanto à saída do Cassiano, sentiu uma dor na coxa. Acreditava que podia jogar com ele e o Schettine na segunda parte…”