Faltaram golos para o apuramento

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

“Tivemos mais tudo, estatisticamente, faltou termos mais golos”. A forma como Álvaro Pacheco se referiu ao jogo acaba por sintetizar aquilo que foram os 90 minutos. O FC Vizela começou com o pé esquerdo, mas fez o suficiente para levar o jogo, pelo menos, ao desempate por grandes penalidades.

O jogo começou com domínio forasteiro. O FC Vizela assumiu-o desde o início e, com eficácia na pressão, conseguiu passar a maior parte do tempo no meio-campo adversário. Os primeiros lances de algum perigo foram da nossa equipa. O Estrela da Amadora, uma equipa bem reforçada e com condições para fazer uma boa II Liga, acabou por marcar praticamente na primeira vez que se acercou da área do FC Vizela. Xavi, já na área, rematou bem após um lance que começou a ser desenhado por Tipote. O 1-0 equilibrou o jogo e intranquilizou o FC Vizela, que teve depois algumas dificuldades para voltar a pegar nele. O Estrela da Amadora crescia com confiança e qualidade.

O início do segundo tempo trouxe alterações na dinâmica e no onze lançado por Álvaro Pacheco. Adeyemo e Cann substituíram, respetivamente, Marcelo e Nuno Moreira. Com um futebol diversificado e mais completo, a primeira metade do segundo tempo foi quase toda do FC Vizela, apesar de o Estrela ter espreitado sempre o contra-ataque. A culminar o nosso melhor período do jogo, Cassiano empatou. O mérito é, porém, coletivo. Samu deu início à jogada, Kiko Bondoso recebeu na esquerda, tocou em Raphael Guzzo no meio e este desmarcou o melhor marcador da II Liga na época passada.

O empate trouxe confiança ao FC Vizela, que continuou em busca da vitória e teve ocasiões para isso. Cassiano isolou-se aos 83’, mas parece impedido de jogar por um adversário. Schettine teve nos pés o 1-2, mas Nuno Hidalgo fez uma grande defesa. Em contraciclo com o jogo, acaba por ser o Estrela da Amadora a marcar, com Paulinho, de cabeça, a não dar hipóteses a Ivo Gonçalves. Faltava um minuto para o fim do tempo regulamentar e o FC Vizela não conseguiu empatar.

A Taça da Liga terminou hoje para a nossa equipa. Em menos de duas semanas começamos a Liga Bwin, em casa do Sporting.

FICHA TÉCNICA

CF Estrela da Amadora 2-1 FC Vizela

Local: Estádio José Gomes (Amadora)

Árbitro: David Silva (AF Porto)

Assistentes: André Almeida e Ângelo Carneiro

4º Árbitro: João Mendes (AF Santarém)

CF Estrela da Amadora: Nuno Hidalgo; Mamadou Traoré, Matheus Dantas e Edu Duarte; Sérgio Conceição (C), Xavi (Lubega, 80’), Aloísio, Horácio Jau (Diogo Pinto, 69’) e Gonçalo Maria (André Duarte, 90’); Fabrício (Paulinho, 80’) e Tipote (Chapi, 69’).

Suplentes: Gonçalo Tabuaço, Reko, Tiago Melo e Miguel Rosa.

Treinador: Rui Santos

FC Vizela: Ivo Gonçalves; Richard Ofori, Marcelo (Adeyemo, 46’), Aidara e Kiki; Marcos Paulo (C), Raphael Guzzo e Samu; Nuno Moreira (Cann, 46’), Cassiano e Kiko Bondoso (Schettine, 81’).

Suplentes: Charles, Hugo Oliveira, João Pais, Alex Méndez, Tomás Silva e Didi.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Xavi (15’), Cassiano (66’) e Paulinho (89’).

Cartões Amarelos: Marcos Paulo (7’), Aloísio (35’), Cassiano (49’), Horácio Jau (55’), Gonçalo Maria (60’), Chapi (73’) e Raphael Guzzo (78’).