Maré vizelense muito forte na Póvoa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Começa a ser difícil encontrar adjetivos que qualifiquem esta memorável campanha da equipa orientada por Álvaro Pacheco nesta edição do campeonato.

Na deslocação à Póvoa de Varzim, o FC Vizela não deu sequer hipótese ao conjunto poveiro em discutir o resultado, de tão forte que foi a maré de bom futebol, em especial na primeira parte.

Num recinto tradicionalmente complicado, frente a um Varzim que luta pela permanência na prova e debaixo de uma chuva persistente, os vizelenses foram irrepreensíveis a contornar tudo isso.

A entrada em jogo foi tremenda. Logo aos 3’, Raphael Guzzo, ainda de pé quente, protagonizou um daqueles momentos que apaixona qualquer adepto. Um tiro do meio da rua, sem dar qualquer hipótese de defesa a Ricardo, colocou o FC Vizela na dianteira do resultado.

Três minutos volvidos, Koffi rematou colocado e, aos 13’, Raphael Guzzo, Kiko Bondoso e Kiki desenharam nova situação de perigo junto da baliza alvinegra.

Só dava FC Vizela, por isso, foi com naturalidade que, aos 22’, Cassiano elevou a contagem, ele que já tinha estado no passe para a obra-prima do colega Raphael Guzzo.

Na génese do segundo golo dos azuis esteve mais um lance fabricado na ala esquerda, desta feita entre Kiko Bondoso e Kiki, o autor da assistência de grande qualidade.

Fruto da forte dinâmica impressa no jogo ofensivo, mas também da concentração e do rigor máximo nas ações defensivas, com o triângulo formado por Marcelo, Mosevich e Ericson a não dar qualquer espaço a Patrick ou Agdon, os poveiros apenas conseguiram aproximações à baliza defendida por Ivo Gonçalves, por intermédio de Ahmed Isaiah (24’) e Fatai (27’).

Mais perigosos continuaram os vizelenses. No seguimento de um livre lateral executado por Kiki, um desvio de cabeça de Marcelo levou o esférico a tocar no poste.

Aos 34’, uma nova vaga do ataque do FC Vizela permitiu estabelecer o resultado final. Tavinho superou a marcação e assistiu Cassiano, que, num belo gesto técnico, rodou sobre Luís Pedro e bisou na partida com um tento à ponta-de-lança.

O principal artilheiro do campeonato rubricava, assim, o seu 15.º golo na competição e mais um enorme desempenho com reflexos bem vincados na conquista de mais um triunfo.

O segundo tempo foi marcado pela gestão do resultado e por alguma réplica esperada por parte do Varzim, ainda assim, sempre controlada pelos pupilos de Álvaro Pacheco.

Fatai foi sempre a unidade mais inconformada do conjunto poveiro e a única que conseguiu levar algum perigo à baliza de Ivo Gonçalves, que se opôs muito bem, sobretudo aos 49’.

O ritmo mais brando no segundo tempo não impediu que o FC Vizela continuasse à procura de mais um golo, nomeadamente numa jogada aos 53’, na qual Kiko Bondoso deu para Samu, desarmado in extremis por Luís Pedro quando se preparava para atirar à baliza.

Mais tarde, aos 61’, foi Michael Douglas a evitar que o Varzim sofresse o quarto ao importunar a ação a Kiko Bondoso, que procurava desviar ao primeiro poste um lance de Cassiano. De resto, no seguimento desse mesmo lance, Ericson tentou surpreender Ricardo de longe.

Até final, o resultado manteve-se e mais um triunfo, o terceiro consecutivo, foi comemorado pelos vizelenses, que até reduziram a diferença pontual para o líder Estoril Praia e reforçaram a sua condição de segundo melhor ataque da prova (50 golos), a apenas um dos canarinhos.

No final da partida, Álvaro Pacheco era um homem satisfeito por mais uma exibição de grande qualidade, mas sublinhou que significou a conquista de apenas mais três pontos: «Estou satisfeito, não só pelos golos, mas pela exibição. Foi mais um excelente jogo da nossa parte, frente a um bom adversário. Conquistámos apenas mais três pontos merecidos», considerou.

A próxima etapa desta viagem incrível acontece em Vizela, no domingo, dia 02 de Maio, às 14:00 horas, diante do Feirense, que goleou em Matosinhos e se apresenta na quarta posição. Um duelo que promete mais emoções fortes e que poderá ser acompanhado através da Sport TV +.

 

Ficha Técnica

Varzim SC 0-3 FC Vizela

Local: Estádio do Varzim Sport Club (Póvoa de Varzim)

Árbitro: André Narciso (AF Setúbal)

Assistentes: Paulo Brás e Marco Vieira

4º Árbitro: João Bernardo (AF Setúbal)

Varzim SC: Ricardo; Tiago Almeida, Michael Douglas, Luís Pedro e Tiago Cerveira; Nélson Agra (C) (Rui Moreira, 45’), Fatai (Lessinho, 69’), André Leão (Tembeng, 79’) e Ahmed Isaiah (André Vieira, 45’); Agdon (Irobiso, 69’) e Patrick.

Suplentes não utilizados: Ismael Lekbab, André Micael, Nuno Valente e Rui Coentrão.

Treinador: António Barbosa

FC Vizela: Ivo Gonçalves; Koffi, Marcelo (Richard Ofori, 88’), Mosevich e Kiki; Ericson (C), Raphael Guzzo (André Soares, 88’) e Samu; Tavinho (Cann, 63’), Cassiano (Diogo Ribeiro, 88’) e Kiko Bondoso (Cardozo, 78’).

Suplentes não utilizados: Pedro Silva, João Pais, João Pedro e Marcelinho.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Raphael Guzzo (3’) e Cassiano (22’ e 34’).

Cartões Amarelos: Luís Pedro (32’), Tiago Cerveira (35’), Raphael Guzzo (37’), André Leão (39’) e Mosevich (64’).