Mão cheia de golos e bom futebol no regresso a casa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A nossa equipa regressou aos triunfos no seu estádio, depois de mais uma prestação competente e rigorosa, na senda do que se viu em Fão com o rival Sporting de Braga ‘B’.

Na partida referente à jornada 20 do Campeonato de Portugal, o FC Vizela aplicou “chapa cinco” a um Pedras Salgadas que, após o intervalo, não resistiu ao forte caudal ofensivo dos da casa.

O jovem conjunto transmontano entrou de forma corajosa no encontro e tentou dividi-lo o máximo possível, trocando bem a bola e adotando sempre uma postura aberta frente ao líder da prova.

Naturalmente que a maior experiência dos vizelenses acabaria por se traduzir num maior número de situações de golo e momentos de bom futebol de uma equipa que sabe bem o que quer.

Depois das primeiras tentativas de Diogo Ribeiro (3’) e Zag (8’), foi Tavinho (11’) quem teve nos pés uma das melhores ocasiões do primeiro tempo. O extremo, que se destacou na sua estreia há uma semana atrás, atirou rasteiro e Hugo Silva respondeu com uma grande intervenção.

Mais ofensivos, os vizelenses voltaram a tentar o golo, agora por Samú, e, mais tarde, aos 24’, por Tavinho. Jogada bem gizada na direita por João Pedro, que fez o passe atrasado para o remate do algarvio, desviado involuntariamente pelas costas de Diogo Ribeiro.

De resto, Diogo Ribeiro e Samú continuaram em busca do golo, mas seria Tavinho, à terceira tentativa, a inaugurar o marcador. Estavam cumpridos 32’ quando o atacante dos vizelenses cruzou muito chegado à baliza com êxito, surpreendendo Hugo Silva no lance.

Festa do público vizelense, que se apresentou em bom número nas bancadas, numa tarde com cheiro a Primavera e bastante convidativa para se assistir a um bom espetáculo desportivo.

Mesmo em cima do intervalo, Diogo Ribeiro viu Hugo Silva defender uma bola por instinto e, na insistência, o esférico tocou mesmo na barra. A vantagem assentava bem ao FC Vizela no final do primeiro período, diante de um Pedras Salgadas sempre disponível para dar uma boa resposta, valorizando o futebol praticado.

No entanto, uma reentrada fortíssima dos pupilos de Álvaro Pacheco em jogo travou qualquer esperança da equipa transmontana e a sucessão de golos aconteceu com naturalidade.

Logo a abrir, o 2-0. Os vizelenses entraram com tudo e Diogo Ribeiro concluiu uma belíssima jogada, na qual ficou patente o empenho dos jogadores. Tudo começa numa boa antecipação de Ericson, que deu para Kiko Bondoso esgueirar-se pela esquerda e para combinar bem com Samú, que assistiu na perfeição o goleador da equipa.

Em seguida, novo ataque do FC Vizela, tendo Tavinho e Zag como protagonistas e sacrificando-se André Sousa pelo Pedras Salgadas. O jogador transmontano impediu o marfinense de alvejar a baliza, viu o segundo amarelo e a sua exclusão deixou a equipa mais frágil.

Kiko Bondoso ficou a centímetros de dar a melhor sequência ao passe de João Pedro e, aos 54’, Ericson assinou um daqueles golos que vale bem o bilhete. Tavinho fez o passe e Ericson, depois de tirar Assis do caminho, rematou em arco ao ângulo superior direito. Que golo!

Seguiu-se mais uma jogada à qual só faltou a bola entrar para ser um hino ao futebol. Kiko Bondoso não acertou no alvo por muito pouco, depois de futebol ao primeiro toque entre Tavinho, Samú e João Pedro. O FC Vizela transpirava confiança neste regresso a casa.

Aos 61’, Diogo Ribeiro ganhou o esférico a Rui Rampa já dentro da área e bisou na contenda, protagonizando o seu 17.º golo na temporada (15.º no campeonato).

Com o encontro resolvido, o Pedras Salgadas ainda teve uma boa hipótese para reduzir, através de Diogo Lopes, mas Ivo Gonçalves mostrou segurança e manteve a baliza vizelense a zeros.

Houve ainda tempo para se completar uma mão cheia de golos. Aos 78’, Kiko Bondoso e João Pedro articularam-se em pleno na génese do 5-0, apontado por André Soares. Destaque para a assistência de calcanhar do capitão do FC Vizela.

Este foi o segundo triunfo seguido da turma de Álvaro Pacheco em duas rondas particularmente importantes. Depois de descolar do Sporting de Braga ‘B’, o FC Vizela beneficiou da derrota bracarense em Fafe para consolidar um diferencial de seis pontos relativamente ao 3.º posto.

O Fafe é precisamente o adversário que se segue. A partida entre velhos rivais, que, uma vez mais, continuam lado a lado no topo da tabela, foi antecipada para as 18:00 horas de sábado, dia 08 de Fevereiro, no Estádio do FC Vizela. Um duelo que irá gerar forte afluência do público.

 

Ficha Técnica

Resultado: FC Vizela 5-0 Pedras Salgadas

Local: Estádio do FC Vizela (Vizela)

Árbitro: Fernando Ferreira (AF Guarda)

Assistentes: Bernardino Sousa e Pedro Santos

FC Vizela: Ivo Gonçalves; João Pedro (C), João Faria, Aidara e Koffi; Ericson (André Soares, 65’), Zag (Landinho, 59’) e Samú; Tavinho, Diogo Ribeiro (Rabiola, 65’) e Kiko Bondoso.

Suplentes não utilizados: Cajó, Matheus, Mendes e Cann.

Treinador: Álvaro Pacheco

Pedras Salgadas: Hugo Silva; David, Rui Rampa, Zé Santos e Assis (André Rego, 64’); André Sousa, Ruca (Pedro Silva, 59’) e Marcelo; Rafa (C), Jussane (Jorge Chula, 64’) e Diogo Lopes.

Suplentes não utilizados: Rui Capela, Mateus, Fábio Carvalho e Emmanuel.

Treinador: Ricardo Teixeira

Golos: Tavinho (32’), Diogo Ribeiro (46’ e 61’), Ericson (54’) e André Soares (78’).

Cartões Amarelos: Zag (22’), André Sousa (26’ e 49’) e André Rego (80’).

Cartão Vermelho: André Sousa (49’).