FC Vizela sofre primeira derrota caseira na temporada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ainda não foi desta que o FC Vizela conseguiu quebrar a “malapata” dos jogos disputados com a AD Fafe na cidade termal, tendo outra vez sido derrotado pela margem mínima.

Nesta jornada de fecho da primeira volta, a tarde de sol e o cartaz apelativo chamou ao estádio perto de dois mil espectadores, que proporcionaram um excelente espetáculo nas bancadas.

Dentro das quatro linhas, de um lado estava um FC Vizela apostado em regressar às vitórias e do outro uma AD Fafe em alta pelos 22 pontos conquistados nas 8 jornadas anteriores.

Os primeiros sinais de perigo pertenceram à turma forasteira. Angola cruzou na direita para um desvio de Tiago André ao lado (10’), mas, já antes, Landinho havia testado a atenção de Cajó.

Ao minuto 13 aconteceu a primeira contrariedade no conjunto de Rui Amorim com a saída forçada de Kaká, devido a lesão, ele que deixou o relvado em lágrimas.

Ultrapassado o quarto de hora inicial, o FC Vizela ameaçou a baliza fafense pela primeira vez, num lance em que Pedro Soares teve de se esticar bem para evitar o golo a Leandro Souza.

De bola parada, aos 20’, a equipa vizelense também tentou tirar proveito, mas o cabeceamento de Weliton saiu ligeiramente por cima, na sequência de um livre lateral.

Precisamente foi através de lance idêntico que a AD Fafe abriu o ativo. Nené levantou o esférico ao segundo poste e Júnior Franco, de ângulo apertado, conseguiu bater Cajó, aos 26’.

Esperava-se uma forte reação por parte do FC Vizela, no entanto, foi o adversário quem esteve mais próximo de marcar, desta vez, num remate de Nené (31’), que saiu muito perto do poste.

Dificuldades sentidas na “alimentação” dos avançados, associadas ao bom posicionamento do conjunto forasteiro, foram entraves ao FC Vizela, que, ainda assim, visou a baliza fafense em dois momentos, já no decorrer do último quarto de hora da primeira parte.

Aos 33’, Leandro Souza amorteceu com o peito uma bola cruzada por Igor Rocha e Zé Valente, em plena grande área, rematou por cima da trave.

Praticamente sobre o intervalo, Rafael Viegas armou o remate de meia distância, mas a direção voltou a não ser a desejada. Pelo meio, nova baixa na equipa azul e branca com Kuku a ter de abandonar as quatro linhas, também lesionado.

No reatamento, o FC Vizela surgiu diferente e mais agressivo na hora de atacar, ficando, logo nos primeiros instantes (49’), muito perto de marcar. Zé Valente bateu o livre de forma tensa, Pedro Soares defendeu para a frente e Igor Rocha falhou a recarga à boca da baliza.

Até que, aos 55’, a formação de Rui Amorim restabeleceu o empate por Leandro Souza. A jogada começou numa bola cruzada por Rafael Viegas, que Tarcísio cabeceou para defesa incompleta de Pedro Soares, ficando depois o esférico à mercê do atacante brasileiro, que não perdoou.

Só que, no minuto seguinte, o FC Vizela não se livrou de um calafrio. João Faria sacudiu in extremis, sobre a linha, uma bola cabeceada por Joel Silva. Os muitos adeptos da AD Fafe ficaram com a sensação de golo, mas o certo é que a bola não entrou.

Um golo indesejado pelo público vizelense, que acabou por existir ao minuto 70, quando Landinho, com um passe em profundidade, descobriu Tiago André, que, na cara de Cajó, foi letal.

Novamente à procura de corrigir o resultado, o FC Vizela espreitou o empate por Fall e, ao minuto 76, dispôs de uma soberana oportunidade para chegar ao 2-2. Leandro Souza foi derrubado na área e o árbitro assinalou o respetivo castigo máximo, mas Pedro Soares adivinhou o lado e negou a Zé Valente a possibilidade de relançar a equipa vizelense para o objetivo dos 3 pontos.

Rui Amorim lançou então Correia e a equipa passou a jogar com três pontas-de-lança, mas sem conseguir efeitos práticos. O melhor da aproximação vizelense à área contrária foi um remate perigoso de Leandro Borges, por cima, aos 88’.

Esta foi a primeira derrota caseira do FC Vizela esta temporada e o terceiro jogo consecutivo sem vencer no campeonato. De resto, este ciclo menos positivo do conjunto de Rui Amorim deixou a liderança vizelense em perigo, já que os rivais ficaram a escassa diferença pontual.

No próximo sábado, dia 19, o FC Vizela recebe o Gil Vicente às 16:00 horas, em jogo antecipado da 18.ª jornada, enquanto Trofense e AD Fafe jogam nos difíceis recintos do Mirandela e Montalegre, respetivamente.

 

FICHA DE JOGO

FC Vizela 1-2 AD Fafe

Árbitro: José Rodrigues (AF Porto)

Assistentes: André Costa e Ludovico Franco

FC Vizela: Cajó; Rafael Viegas, Weliton (C), João Faria e Kaká (Igor Rocha, 13’); João Oliveira (Correia, 78’), Tarcísio, Zé Valente e Kuku (Leandro Borges, 45’+2’); Fall e Leandro Souza.

Suplentes não utilizados: Rafa, Maks, André Soares e Panin.

Treinador: Rui Amorim

AD Fafe: Pedro Soares; Chico, Paulo Monteiro (João Fernandes, 51’), João Sousa e Ofori; Júnior Franco, Landinho e Nené; Angola (Nuno Silva, 86’), Joel Silva e Tiago André (C) (Ferrinho, 90’+1’).

Suplentes não utilizados: Fred, André Alves, Marcelo e Ângelo.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Júnior Franco (26’), Leandro Souza (55’) e Tiago André (70’).

Cartões Amarelos: João Sousa (22’), Igor Rocha (25’), Zé Valente (39’), Nené (53’) e Weliton (90’+2’).