FC Vizela venceu Chaves em duelo muito disputado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Numa partida disputada sob intenso calor, o FC Vizela foi a Chaves amealhar mais três saborosos pontos, em jogo a contar para a 3.ª ronda do Campeonato de Portugal. Mas não foi nada fácil…

Não tanto pela particularidade de se ter jogado num sintético, mas antes pela valia demonstrada pelo conjunto flaviense, que ali promete complicar a vida a muitos outros adversários.

O desafio praticamente começou com um primeiro sinal de perigo do Chaves. Após combinação com Sabinbi, Aliu Ronaldo cruzou uma bola para o segundo poste, mas João Paredes, neste seu reencontro com o seu anterior clube, não chegou a tempo do toque final.

Gradualmente, o FC Vizela começou a assumir o jogo, através de uma boa circulação de bola e sempre à espreita de servir da melhor forma os seus atacantes. Foi assim que Correia tentou o remate certeiro, antes de Fall ter incomodado a defensiva azul-grená.

No entanto, o Chaves, dotado de muitos jovens de qualidade, passou a apostar em contra-ataques venenosos, como foi o caso de um que envolveu Mika e João Paredes, aos 18’, O remate do antigo goleador dos vizelenses levou a direção da baliza, mas estava lá Cajó atento a defender.

A equipa da casa voltou a criar perigo num cabeceamento de Sabinbi (21’), num remate em jeito de Hélder Almeida (24’) e numa tentativa de chapéu de Mika (35’).

Mas quem terminou a primeira parte novamente por cima foi o FC Vizela. E aqui destaque para uma belíssima jogada em que Zé Valente “picou” o esférico para as costas da defensiva flaviense, onde estava Fall a cabecear com perigo.

Na segunda parte, a turma de Rui Amorim entrou determinada a desfazer o nulo. João Oliveira rematou ao lado, logo no minuto inicial do recomeço. Aos 50’, Zé Valente atirou à figura, depois de uma tabela interessante com Leandro Borges.

Aos 57’, aconteceu o momento decisivo do encontro. No seguimento de um livre sobre o lado direito, Leandro Souza preparava-se para atacar a bola, mas acabou derrubado por Pedroso.

Grande penalidade indiscutível assinalada pelo árbitro Bruno Nunes que Zé Valente se encarregou de converter em golo para grande festa dos muitos vizelenses que acompanharam a equipa.

Estava feito o mais difícil, mas era previsível que o Chaves pudesse “vender caro” o resultado e tal foi constatado, sobretudo na reta final da partida.

Contudo, antes disso, o FC Vizela dispôs de duas soberanas ocasiões para “matar” o jogo. Aos 68’, Leandro Borges descobriu Leandro Souza na direita e este assistiu Fall na perfeição, só que o avançado senegalês, por milímetros, não conseguiu dar o destino certo ao esférico.

Logo a seguir, aos 71’, outra vez Leandro Borges a fazer das suas e a assistir Zé Valente, mas ao “camisola 11” também lhe aconteceu o mesmo que Fall.

Com a margem tangencial a persistir no placard, o duelo entre vizelenses e flavienses entrou numa fase de maior virilidade, com muitas faltas e algumas cartolinas amarelas pelo meio.

A perder, o Chaves tentou ir ao limite das suas forças e ainda assustou. João Bachi, aos 80’, rematou em jeito e viu a bola sair muito perto do poste esquerdo da baliza de Cajó.

Nestes instantes finais do jogo, o FC Vizela recorreu à alma e a muita garra para segurar o segundo triunfo consecutivo, que coloca agora a turma azul e branca na vice-liderança da Série A, a apenas um ponto do primeiro classificado, São Martinho.

O recém-promovido Limianos é o adversário que se segue. A partida está agendada para domingo, dia 02 de Setembro, às 17:00 horas, no Estádio do FC Vizela.

 

FICHA DE JOGO

Chaves ‘Satélite’ 0-1 FC Vizela

Árbitro: Bruno Nunes (AF Viana do Castelo)

Assistentes: Carlos Rodrigues e José Rio

Chaves ‘Satélite’: Nuno Dias; Sabinbi, Marlon, Pedroso e Simão Martins; Aboubakar (Ruca, 40’), Faissal e Hélder Almeida (Afonso, 62’); Aliu Ronaldo, João Paredes e Mika (C) (João Bachi, 66’).

Suplentes não utilizados: João Kuspiosz, Ricardo, Ivan Machado e Gustavo.

Treinador: Carlos Guerra

FC Vizela: Cajó; João Pedro (C), Weliton, João Faria e Igor Rocha; Zag, Zé Valente, João Oliveira e Leandro Borges (André Soares, 74’); Correia (Leandro Souza, 56’) e Fall (Kaká, 83’).

Suplentes não utilizados: Rafa, Diaby, Kuku e Aidara.

Treinador: Rui Amorim

Golo: Zé Valente (58’, g. p.).

Cartões Amarelos: Simão Martins (30’), Aliu Ronaldo (32’), João Faria (41’), Pedroso (57’), Leandro Souza (78’) e Afonso (80’).