Excelentes indicações no ensaio com Famalicão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O FC Vizela empatou a zero com o Famalicão, naquele que foi o quinto encontro de preparação na pré-temporada dos azuis e brancos da cidade termal.

Apesar da valia do adversário, que há uma semana atrás fez a sua estreia nas provas oficiais (o Famalicão foi eliminado da Allianz Cup pelo Arouca, nas grandes penalidades), o conjunto de Rui Amorim foi superior na globalidade do ensaio e criou várias situações de finalização.

Leandro Souza, Leandro Borges, na primeira parte, Zé Valente, Panin e João Oliveira, na segunda, foram os jogadores vizelenses que estiveram mais próximos de dar colorido ao marcador.

No final da partida, Rui Amorim revelou muito agrado pelo desempenho dos seus pupilos: “Foi um excelente jogo da nossa parte. O FC Vizela foi superior em grande parte do jogo. Estou muito contente com o trabalho dos meus jogadores e com a atitude demonstrada”, considerou.

“É verdade que o golo não está a aparecer, mas ficaria mais preocupado se não criássemos ou conseguíssemos chegar à baliza. Estamos a criar inúmeras situações claras de golo”, continuou.

A superioridade exercida e interessante produção de jogo ofensivo estão relacionadas com as ideias que Rui Amorim tem vindo a implementar: “Esta é uma proposta de jogo completamente diferente daquilo a que estavam habituados. Penso que as ideias estão a ser bem assimiladas. É um jogo de paciência, de desgaste do adversário. E agora começamos a colocar em prática essas ideias”, esclareceu o treinador da equipa vizelense.

Na bancada central, registou-se boa afluência da massa associativa que, muito agradada com a prestação do FC Vizela, manifestou muito carinho e cânticos de incentivo.

“Estes adeptos já me arrepiaram duas vezes, na apresentação e neste jogo, ao brindarem este grupo de trabalho com uma enorme salva de palmas. Esta harmonia da equipa com adeptos, normalmente, dá sempre bons resultados. Todos queremos ganhar”, referiu Rui Amorim.

“Vai ser uma tarefa árdua e longa, mas é com esta harmonia que nos tornamos mais fortes. Um agradecimento especial em nome do grupo de trabalho a estes adeptos. Vou-me apercebendo da enorme força e paixão que têm pelo clube”, finalizou o técnico.

FC Vizela 0-0 FC Famalicão

Onze inicial: Cajó; Rafael Viegas, João Faria, Aidara, Igor Rocha; Zag, Tarcísio, Zé Valente, Correia, Leandro Souza e Leandro Borges.

Jogaram ainda: Diaby, Kaká, João Oliveira, Panin, Weliton, Kuku Fidelis, Silla e Tan.

Treinador: Rui Amorim