Contas de 2017 aprovadas em Assembleia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Realizou-se na passada sexta-feira, dia 22 de Junho, uma Assembleia-Geral do FC Vizela, que teve como principal propósito a apresentação e votação do Relatório e Contas de 2017.

A sessão magna decorreu na Casa do Povo de Vizela e contou com a presença de cerca de uma centena de associados, que quiseram também fazer um ponto de situação do clube.

Apesar de ter sido apresentado um resultado líquido negativo de 16.606,06 €, diferente daquele que foi apresentado no exercício anterior de 2016 (saldo positivo de 13.410,85 €), as contas foram aprovadas por unanimidade.

Eduardo Guimarães, presidente da Direção do clube, explicou que tal se deveu à transição da gestão do futebol sénior para a SAD a meio da época, mas enalteceu o crescimento dos ativos, que agora cifram-se nos 305.603,76 €, superior ao passivo que ronda os 250 mil euros.

Noutro plano, antes da discussão de outros assuntos, Adriano Ribeiro, o diretor mais antigo do clube, que não pôde estar presente na Gala do Desporto da autarquia, recebeu das mãos de Eduardo Guimarães o prémio “Carreira”, uma distinção que justificava precisamente um momento oportuno, marcado pela emoção e por uma forte salva de palmas.

Numa altura em que o FC Vizela vai passar a ter mais uma modalidade no ativo, o basquetebol, Pedro Oliveira, presidente-adjunto do clube fez um balanço positivo ao período de captações.

A terminar, Eduardo Guimarães foi questionado pela plateia acerca da gestão da equipa principal, que cabe à SAD, apelando à calma e aludindo às muitas obras já realizadas, que não seriam possíveis sem investimento externo.