Vizelenses em dificuldades no Nacional de Juniores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ainda não foi desta que o FC Vizela conseguiu pontuar em casa, circunstância que tem vindo a complicar a situação da equipa na tabela classificativa.

Na receção ao Freamunde, o conjunto de Vasco Gonçalves voltou a sair derrotado pela margem mínima (1-2), tal como havia acontecido nos dois jogos anteriores diante de Varzim e Famalicão.

A partida começou com a equipa vizelense a denotar dificuldades ao nível da construção de jogo ofensivo, em contraponto com um Freamunde mais atrevido nos instantes iniciais.

Depois de três tentativas que trouxeram bastante perigo às imediações da baliza defendida por Hugo Silva, este nada pôde fazer para evitar a abertura do marcador aos 22’.

Quando se esperava pela reação natural dos vizelenses, o Freamunde elevou a contagem sobre a meia hora de jogo, através de uma cobrança exemplar de um livre direto.

Com o resultado mais complicado para contornar, o FC Vizela conseguiu criar algumas situações merecedoras de golo no último quarto de hora do primeiro tempo.

Aos 32’, Mora apareceu solto na área, mais descaído sobre o lado direito, e protagonizou remate cruzado que saiu mesmo a rasar o poste. Logo a seguir, no seguimento de um canto, Kingsley cabeceou ligeiramente por cima da barra.

Vasco Gonçalves promoveu dupla alteração ao intervalo e viu os seus pupilos crescerem no jogo durante o quarto de hora inicial desta segunda metade.

O devido corolário deste melhor período dos vizelenses aconteceria aos 59’, quando Marcelo foi mais eficaz, materializando em golo uma jogada de insistência.

Esta redução na diferença certamente induziu a ideia de que a reviravolta seria uma possibilidade forte, no entanto, o FC Vizela não conseguiu chegar à baliza adversária com o melhor critério.

Aos 80’, David Martins ainda chegou a introduzir o esférico na baliza do Freamunde, mas o lance já havia sido interrompido pelo árbitro devido a posição irregular do defensor dos da casa.

Entretanto, o Freamunde criou duas situações flagrantes nos instantes finais, com particular relevo para a excelente defesa de Hugo Silva, desviando por cima da trave uma bola rematada de fora da área que levava selo de golo.

Pelo meio, Godfrey ainda se antecipou de cabeça ao guardião freamundense com a bola a sair ligeiramente ao lado, porém o destino dos 3 pontos não foi alterado.

Em posição aflitiva (no penúltimo lugar), o FC Vizela necessita de quebrar esta série negativa já no próximo fim-de-semana, em Macedo de Cavaleiros. A partida da 7.ª jornada do Nacional de Juniores (2.ª Divisão) realiza-se às 15:00 horas de sábado, dia 21 de Outubro.

 

FICHA DE JOGO

Local: Campo de Treinos do Estádio do FC Vizela (Vizela)

Árbitro: André Neto (AF Vila Real)

FC VIZELA: Hugo Silva; João Pinheiro, Sereno, David Martins e Fábio Costa (Godfrey, 66’); Edu (Miguel, 45’), Marcelo (C) e Mota; Luís Oliveira, Kingsley e Malta (Gonçalo, 45’).

Suplentes não utilizados: Manuel, Rui Jorge, Kiko e Dani.

Treinador: Vasco Gonçalves

Golo: Marcelo (59’).

Cartão Amarelo: Sereno (36’).

 

RESULTADOS DA JORNADA 6

Fafe 0-0 Varzim

Taipas 3-2 Famalicão

FC Vizela 1-2 Freamunde

Merelinense 7-1 Macedo de Cavaleiros

Mondinense 3-0 Vianense

 

QUADRO DA JORNADA 7

Vianense x Varzim

Famalicão x Fafe

Freamunde x Taipas

Macedo x FC Vizela

Mondinense x Merelinense

 

CLASSIFICAÇÃO

1º Taipas (13 pontos)

2º Merelinense (11 pontos)

3º Freamunde (11 pontos)

4º Mondinense (10 pontos)

5º Famalicão (10 pontos)

6º Varzim (10 pontos)

7º Fafe (9 pontos)

8º Vianense (6 pontos)

9º FC Vizela (2 pontos)

10º Macedo de Cavaleiros (0 pontos)