«Foi uma pré-época muito positiva» – Carlos Cunha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A fase preparatória da nova temporada 2017/2018 terminou neste último sábado com a realização do 10º jogo-treino do FC Vizela em Santo Tirso.

No total, foram 6 vitórias, dois empates e igual registo de derrotas. Números agradáveis, contudo, mais importante que os resultados conseguidos foi a forma como o plantel procurou aplicar em jogo os princípios incutidos pelo treinador Carlos Cunha.

«Foi uma pré-época muito positiva. A equipa assimilou as ideias e está preparada para o início do campeonato. Tivemos bons desempenhos, um ou outro momento de menor fulgor, mas, em termos gerais, o balanço é muito positivo. Estamos agradados com o que fizemos até ao momento», referiu Carlos Cunha.

Um ou outro atleta chegou já com a pré-temporada em andamento, casos de Aidara e João Paredes. Algumas lesões também surgiram nesta fase. Carlos Cunha mostra-se tranquilo porque, conforme subscreve, tem em mãos um plantel de grande qualidade.

«Tivemos algumas limitações. Faz parte do processo. Temos um plantel vasto e com grande qualidade, que nos dá garantias e isso deixa-nos tranquilos. Independentemente de faltar um ou outro, teremos sempre uma solução que nos possa dar aquilo que queremos no jogo. Esse nunca será um argumento para dizermos que não estamos preparados para defrontar seja quem for», garantiu o treinador.

A jornada de abertura do Campeonato de Portugal Prio está à distância de uma semana e, como tal, todo o pensamento do grupo de trabalho direciona-se para Bragança, onde o FC Vizela fará a sua estreia oficial esta época.

«Acreditamos no esforço dos jogadores e na sua crença. Estou convencido de que vamos entrar bem. O nosso foco já se encontra no jogo de Bragança. Estaremos certamente preparados para esse embate, tendo noção que vai ser um jogo difícil, tal como serão todos neste campeonato. Pensando jogo a jogo, vamos preparar já o primeiro e é nisso que nos vamos focar», prometeu Carlos Cunha.