FC Vizela triunfa em Aveiro e reforça posição no pódio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fruto de mais uma prestação muito bem conseguida, a formação comandada por Álvaro Pacheco, não só arrecadou mais três pontos muito saborosos, como ainda consolidou a vice-liderança.

Numa partida disputada no Municipal de Aveiro, palco que voltou a sentir a emoção dos grandes jogos, o FC Vizela superou a oposição do Académico de Viseu e triunfou por 3-1.

Um resultado que, porventura, retratará uma certa tranquilidade, todavia, foi alcançado graças ao forte espírito de conquista que o conjunto vizelense transpira por todos os poros.

O Académico de Viseu valorizou muito o espetáculo. A entrada em jogo não foi nada fácil e foi necessária alguma paciência até os vizelenses tomarem conta das operações.

Daí que o primeiro remate perigoso no encontro tenha pertencido à turma da casa, com o guarda-redes Ivo Gonçalves a defender bem o potente remate de Zimbabwe, aos 15’.

Na resposta, o FC Vizela também criou problemas à defensiva contrária com Cassiano a rematar cruzado já dentro da área, momentos antes de Kiko Bondoso atirar por cima.

O jogo disputava-se numa toada aberta e Pica, capitão dos viseenses, ameaçou com um remate às malhas laterais. Aos 32’, Kiko Bondoso fez o esférico rasar o poste esquerdo da baliza defendida por Ricardo Janota.

Qual prenúncio de golo, no minuto imediatamente seguinte, Cassiano finalizou de forma certeira um bom lance que envolveu André Soares e Raphael Guzzo.

Até ao intervalo, Kiki, na cobrança de um livre frontal, fez a bola passar muito perto da barra, e, do outro lado, Ivo Gonçalves revelou novamente muita segurança num lance do género, executado por André Carvalhas.

O recomeço trouxe um FC Vizela mais forte, em ritmo crescente, não só no controlo, como no volume de jogo ofensivo. Aos 61’, destaque para uma soberana ocasião de golo, produzida por Samu, superiormente lançado por Cassiano, à qual Marcos Paulo, surpreendido pelo ligeiro desvio no guardião dos da casa, não conseguiu dar o melhor seguimento.

Em seguida, nova aproximação clara dos vizelenses. Grande trabalho de André Soares, que só não resultou no golo de Kiko Bondoso, porque o extremo acabou importunado por Pica.

À entrada para o derradeiro quarto de hora, o imparável Kiko Bondoso surgiu mais rápido que todos a assistir Samu, este tentou o remate e Cassiano ficou a milímetros do toque final.

Estavam cumpridos 76’ quando Kiko Bondoso fez mesmo o gosto ao pé, estreando-se a marcar esta temporada, ele que é o jogador com mais assistências do campeonato. Destaque para o belo passe de Cann a assistir o colega, que fez o resto, evitando Ricardo Janota e Mathaus com um remate certeiro pelo “buraco da agulha”.

Contudo, o jogo não estava sentenciado. Isto porque, aos 80’, o Académico de Viseu beneficiou de uma grande penalidade transformada em golo por Paul Ayongo para reduzir a diferença, tendo ameaçado mesmo a vantagem vizelense com um remate perigoso de Fernando Ferreira.

Mas quem tem o talento de Kiko Bondoso e uma força coletiva desta envergadura arrisca-se a estar sempre mais perto de vencer. Como tal, o extremo selou o triunfo do FC Vizela, aos 85’. Kiki jogou para Samu, este fez a assistência e Kiko Bondoso atirou para o fundo das malhas.

Foram mais três pontos conquistados fora de portas, por sinal, com um sabor muito especial, dado que significaram o reforço da segunda posição na grelha da Liga Portugal 2 e o vigésimo desafio consecutivo sem registo de derrotas. Um feito verdadeiramente notável!

Na análise à partida, Álvaro Pacheco considerou o triunfo justo, mas muito difícil, e dedicou os três pontos aos adeptos vizelenses: «A vitória foi justa, mas foi um jogo que nos obrigou a andar em patamares de concentração elevadíssimos. Fizemos uma segunda parte muito boa. Desde o início, olhamos só para o nosso processo. Foram apenas mais três pontos. Esta vitória é dedicada a toda a família vizelense», referiu.

Na próxima jornada da Liga Portugal 2, o FC Vizela volta a jogar a uma segunda-feira, dia 19, desta feita às 20:00 horas, frente ao Benfica ‘B’, em casa. A receção às jovens águias poderá ser acompanhada pelos adeptos através da Sport TV 1.

 

Ficha Técnica

Académico de Viseu FC 1-3 FC Vizela

Local: Estádio Municipal de Aveiro

Árbitro: David Silva (AF Porto)

Assistentes: José Martins e Fábio Silva

4º Árbitro: Álvaro Mesquita (AF Vila Real)

Académico de Viseu FC: Ricardo Janota; Tiago Mesquita, Pica (C), Mathaus e Jorge Miguel; Zimbabwe (Luisinho, 73’), Fernando Ferreira (Jeremias Puch, 89’) e André Carvalhas (Paná, 73’); Yuri Araújo, Anthony Carter (Paul Ayongo, 68’) e João Vasco.

Suplentes não utilizados: Ricardo Fernandes, Diogo Santos, Yang Sena, Joel Monteiro e Filipe Soares.

Treinador: José Gomes

FC Vizela: Ivo Gonçalves; Koffi (João Pedro, 89’), Matheus, Aidara e Kiki; Marcos Paulo (C) (Marcelo, 89’), Raphael Guzzo (Ericson, 59’) e Samu; André Soares (Cann, 71’), Cassiano (Tavinho, 89’) e Kiko Bondoso.

Suplentes não utilizados: Pedro Silva, Cardozo, Mosevich e Marcelinho.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Cassiano (33’), Kiko Bondoso (76’ e 85’) e Paul Ayongo (80’, g. p.).

Cartões Amarelos: André Carvalhas (36’), Raphael Guzzo (47’), Kiki (70’) e Ericson (81’).